segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Perdi a fome

 Perdi a fome
 e junto com ela a vontade de viver
 estou preso a um sistema retardatário

 de fato nasci no momento errado
 não sou simplesmente um fracassado
 mas sou o fracasso que todos queriam ser

 desbravador de covardia
 cavador do seu próprio túmulo
 escrevo por medo de fazer

 rebelde de causas impossíveis
 ingrato de alma carregada
 vivo num mundo as avessas de meus pensamentos

 o certo e o errado se confundem
 com o belo e o grotesco
 o escafandro engole a borboleta

 como por um fim em algo sem começo?
 onde se encontra a dor?
 minha fome ainda não voltou...

2 comentários:

  1. Abre o congelador que você consegue ter fome. De novo. E de novo. E de novo... ;-)

    ResponderExcluir